Audiologista > Áreas de Actuação

 

Prevenção

O Audiologista desenvolve essencialmente a sua acção de prevenção em dois campos:

  • Rastreio Auditivo Infantil

Nesta área de prevenção, a actuação do Audiologista ocorre principalmente a dois níveis, visando minimizar as consequências da deficiência auditiva no desenvolvimento global da criança, na sua inclusão escolar e social e no seu aproveitamento escolar.  

  • Rastreio Neonatal;                     
  • Rastreio Pré- Escolar/ Escolar.     

 

  • Rastreio Industrial

A actuação do Audiologista ao nível da prevenção das consequências do ruído está relacionada com:

  • Participação e criação de campanhas de sensibilização para o problema do ruído ambiental e industrial;
  • Participação, integrada numa equipa interdisciplinar, nos programas de preservação da audição, que os departamentos de higiene e segurança no trabalho realizam e que têm como objectivos o acompanhamento clínico dos trabalhadores e acções de Formação e Sensibilização dos trabalhadores;


O acompanhamento clínico refere-se à realização de exames de rastreio Audiológicos essenciais para:

  • Identificar os indivíduos que apresentam deficiência auditiva de carácter profissional ou não;
  • Identificar os trabalhadores com elevada susceptibilidade ao ruído, de forma a serem tomadas medidas protectoras antes do agravamento da deficiência auditiva ou de esta se tornar definitiva.

 

Diagnóstico Audiológico

 

 

O Audiologista utiliza técnicas acústicas, psicoacústicas e electrofisiológicas, tanto na criança como no adulto, a fim de estudar o funcionamento dos sistemas auditivo e vestibular. Para tal recorre a  inúmeros exames, tais como:

  •     Audiograma Tonal Simples;                               
  •     Audiograma Vocal;                     
  •     Testes Supraliminares; 
  •     Impedanciometria (Timpanograma e Pesquisa de Reflexos Estapédicos Ipsi e Contra-lateral);  
  •     Otoemissões Acústicas;   
  •     Potenciais Evocados Auditivos;   
  •     Videonistagmografia;             
  •     Posturografia;              
  •     Potenciais Otolíticos;                      

 

Re(h)abilitação 

 

 

Quanto a esta área de actuação, o Audiologista actua essencialmente em dois campos:

Re (h) abilitação Auditiva           

O Audiologista participa em equipas interdisciplinares que planeiam e desenvolvem projectos com o objectivo de promover a reabilitação/habilitação de crianças/adultos com deficiência auditiva através de próteses auditivas e/ou outros sistemas sofisticados.

A reabilitação/habilitação auditiva tem como objectivo auxiliar e facilitar a comunicação em indivíduos com deficiência auditiva.
 
Reabilitação Vestibular;                          

Na reabilitação vestibular, o Audiologista colabora com outros profissionais, afim de criar programas individualizados e adequados a cada pessoa com desequilíbrio e/ou vertigem de origem vestibular.

 

Investigação

 

 

Em Portugal, a investigação em Audiologia encontra-se ainda pouco desenvolvida. A maioria dos trabalhos desenvolvidos nesta área é essencialmente sobre a normalização e o ruído.      


Neste momento os alunos dos Cursos Superiores de Audiologia poderão ter um papel relevante nesta área bem como os profissionais que frequentam Mestrados e Doutoramentos.